SAMAE de Ibiporã participa de Livro lançado pela Assemae que exalta a gestão pública municipal

Publicado em: Quarta-Feira, 21 de Junho de 2017
Fonte: ASSEMAE

  
    Imagem do 47º Congresso da ASSEMAE ocorrido em Campinas e do Diretor Presidente Beto Baccarim recebendo livro que conta com a experiência da cidade de Ibiporã

 

O segundo dia do 47º Congresso da Assemae teve início com a realização do Painel I, com a temática “Saneamento Público Municipal: um caminho para o Brasil”, que é o tema principal do evento. A mesa foi composta presidente nacional da Assemae, Aparecido Hojaij; o diretor-presidente da Sanasa, Arly de Lara Romêo (representando o prefeito de Campinas, Jonas Donizette); o prefeito de Jaboticabal, José Carlos Hori; a diretora-geral do Dmae de Porto Alegre, Luciane de Freitas (representando o prefeito de Porto Alegre; o engenheiro do Dmae de Uberlândia, Alexandre Silva (representando o prefeito Odelmo Leão); e o diretor do Saae de Campo Maior (PI) e presidente da Assemae Regional Nordeste II, João Francisco Lima Neto.

Na mesma ocasião, foi lançada a publicação “Experiências Municipais Exitosas em Saneamento – 2017”, onde são relatados 31 casos de sucesso de ações positivas voltadas para a saúde e a qualidade de vida por meio do saneamento. A obra é uma iniciativa da Assemae, com organização de Dieter Wartchow, ex-presidente da Assemae e coordenada pelo secretário executivo da Assemae, Francisco Lopes.

Iniciando as apresentações, Hojaij expôs brevemente a história da Assemae, apontando a realidade do saneamento básico brasileiro, destacando que a entidade surgiu para auxiliar os municípios na gestão e administração dos serviços de saneamento. O presidente lembrou que a Lei 11.445/2007 foi o marco legal que alavancou o setor do saneamento no país, e abrange os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos, drenagem e manejo de águas pluviais urbanas.

Aparecido ressaltou a importância da gestão municipal no saneamento, com a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, para demonstrar que o serviço público tem competência de prestar serviços com qualidade e eficiência. “Para demonstrar que a gestão pública é a melhor forma de prestar os serviços, a Assemae lança hoje a publicação do livro ‘Experiências municipais exitosas em saneamento 2017’, reunindo as experiências de 31 municípios que são referências nacionais no saneamento”, acrescentou o presidente.

Dando continuidade ao Painel I, os representantes de Campinas, Jaboticabal, Porto Alegre e Campo Maior, todos integrantes da publicação lançada, fizeram exposições sobre as ações de saneamento em seus municípios.

Arly de Lara, falou sobre os avanços alcançados ao longo dos anos pela Sanasa. “Graças a uma gestão comprometida em desempenhar seu papel de forma justa e clara, conseguiu alcançar uma posição de destaque nacional no que diz respeito ao saneamento. O livro da Assemae conta com as experiências da Sanasa, que comprovam a qualidade do nosso serviço à população”.

Na oportunidade, José Hori, prefeito de Jaboticabal, ressaltou que o excelente trabalho desempenhado no município é referente aos serviços do SAAEJ, alcançando o melhor tratamento de água e esgoto da região. Hori comentou ainda sobre a necessidade de proteção das nascentes, que são fontes para os rios que abastecem a população.

O prefeito parabenizou a iniciativa da Assemae e dos municípios que contribuíram para o livro. “É um trabalho motivador para o resto do país, levando as pessoas a refletirem sobre como todos podem contribuir para o avanço do saneamento”.

Por sua vez, Luciane comentou do trabalho realizado pelo Dmae, que atualmente abastece 100% dos porto-alegrenses com água tratada e 87,7% da população dispõem do serviço de coleta de esgoto. “Hoje o Dmae tem capacidade para tratar até 80% dos esgotos produzidos na capital, e atende a população de áreas de risco ou zonas de preservação ambiental com serviço gratuito de caminhões-pipa.

João Francisco, representando o prefeito de Campo Maior, José de Ribamar, comentou sobre o importante trabalho que Assemae desenvolve junto aos municípios. “O livro reflete de forma grandiosa que os municípios possuem uma gestão de excelência, reforçando a luta pela gestão pública do saneamento no país”.

Ao final, um exemplar da publicação foi entregue, por Aparecido Hojaij e Dieter Wartchow aos representantes de cada município integrante da obra: Araraquara (SP), Blumenau (SC), Brasília (DF), Cacoal (RO), Campinas (SP), Campo Maior (PI), Caxias do Sul (RS), Caxias (MA), Ibiporã (PR), Itabirito (MG), Itaúna (MG), Ituiutaba (MG), Jaboticabal (SP), Jaraguá do Sul (SC), Jundiaí (SP), Jussara (PR), Lucas do Rio Verde (MT), Marechal Cândido Rondon (PR), Novo Hamburgo (RS), Penápolis (SP), Poços de Caldas (MG), Porto Alegre (RS), Rondonópolis (MT), Santo André (SP), São José do Rio Preto (SP), São Lourenço (MG), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Volta Redonda (RJ), além dos consórcios Consimares, em São Paulo, e o Simae, em Santa Catarina.